• Negras Evangélicas

Posicionamento político RMNE 2022



Manifestamos nossa profunda preocupação com a ameaça à democracia e o desmantelamento das políticas públicas sociais que afligem as parcelas mais vulneráveis da nossa sociedade, e de forma mais agravada e degradante nós, o povo afrodescendente e afroindígena.


Compreendemos que qualquer candidato e candidata à gestão pública deve estar à serviço de toda a população, com a promoção dos direitos humanos e sociais constitucionalmente garantidos. Por isso, nosso posicionamento é em favor da democracia como forma de governo que viabilize a garantia de nossos direitos fundamentais.


Repudiamos a maneira desrespeitosa e negligente como a direção do governo federal atual tem tratado as vidas brasileiras, levando ao extremo da necessidade nossas condições de vida, sendo moroso nas medidas de proteção social e assistência à vida de toda a população, e especialmente aos grupos sociais mais vulnerabilizados.


Rejeitamos todas as formas de manipulação e assédios, que são formas de violência, para o constrangimento ou repressão da saudável e respeitosa manifestação individual de posicionamento político.


Declaramos que toda mulher negra evangélica é livre para gozar de sua liberdade política e de expressão, e da sua capacidade autodeterminação.


Incentivamos o diálogo respeitoso, a defesa da democracia e do processo eleitoral e estimulamos a educação cidadã como estratégia permanente de fortalecimento da cidadania feminina e a promoção dos direitos e estamos unidas em oração para que toda a decisão seja baseada no amor, na misericórdia e na paz conforme nos ensinou nosso Senhor Jesus Cristo.


"Porque não há boa árvore que dê mau fruto, nem má árvore que dê bom fruto. Porque cada árvore se conhece pelo seu próprio fruto; pois não se colhem figos dos espinheiros, nem se vindimam uvas dos abrolhos.

O homem bom, do bom tesouro do seu coração tira o bem, e o homem mau, do mau tesouro do seu coração tira o mal, porque da abundância do seu coração fala a boca". (Lucas 6:43-45)